quarta-feira, 29 de junho de 2011

Pensei saber...

Pensei saber do amor,
como sei de geopolítica,
da máfia e do antídoto da fome.

Pensei saber do amor,
como aprendi o cálculo algébrico,
e a solução de todos os enígmas espaciais.

Pensei saber de ti,
como sei de minha história.
Pensei saber de nós,
como sei do mundo.

Mas depois que te conheci,
preciso dizer-te,
urgentemente:
que não aprendi nada,
a vida inteira!
a

Nenhum comentário:

Postar um comentário